Joias, uma medalha e cópias de medalhas foram furtadas, neste domingo (1º), do museu da polícia secreta da Alemanha Oriental, conhecida pelo acrônimo “Stasi”, em Berlim.

Segundo a polícia, os ladrões subiram no telhado do hall de entrada e passaram por um janela no primeiro andar. Lá, levaram uma medalha da Ordem de Karl Marx, uma da Ordem de Lênin e outra de Herói da União Soviética. Depois, seguiram para o andar superior e, então, roubaram joias do escritório de um ex-chefe da Stasi, Erich Mielke. O museu fica no mesmo prédio que abrigava a sede da polícia secreta.

Das oito medalhas furtadas, apenas uma – uma Ordem de Mérito Patriótica de ouro – era original. As outras eram cópias, segundo o “Guardian”.

“Uma invasão é sempre dolorosa porque perturba sua sensação de segurança”, disse o diretor do museu, Jörg Drieselmann. “Mas, em termos de valor dos itens roubados, você quase pode se recostar e relaxar”, declarou.

Drieselmann disse ao Guardian que esperava que os ladrões soubessem que algumas das medalhas não tinham um alto valor material – mas que ainda encontrariam compradores entusiasmados entre os colecionadores de objetos de decoração da Alemanha Oriental.

“Não se trata de grandes tesouros aqui”, disse. “Somos um museu histórico e não esperamos arrombamentos. Não somos o Cofre Verde”, declarou, em referência ao museu em Dresden, no leste alemão, que foi roubado na semana passada.

Vídeo mostra ação de ladrões que levaram joias do museu de Dresden, na Alemanha

A coleção de joias – que incluía um par de brincos, um anel com pérolas e pedras preciosas e dois relógios de ouro – era composta, principalmente, de itens confiscados pela Stasi dos alemães orientais que tentaram fugir do Estado socialista para o oeste.

Desde a queda do Muro de Berlim, há 30 anos, a maioria dos itens foi devolvida a seus donos. As peças cujos proprietários não foram encontrados foram parar no museu da Stasi por empréstimo permanente, informou o “Guardian”.

Via: RSS Feed

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui